Liberte-se

Mulheres, sofremos com tantos preconceitos sem nem percebermos. Hoje o assunto é delicado, ousado, constrangedor e proibido para mocinhas, só que não. Você deve estar curiosa repressão 1querendo saber qual é o assunto, então vamos lá, devido ao post Preliminares que fala de sexo, me chamaram de ousada, corajosa, entre outras coisas, e olha que usei minha delicadeza máxima para escrever aquele texto, mas vamos direto ao assunto.
Sexo, sem preconceito, sem repressão, sem censura, sem neuroses. Por conseqüência da criação que receberam, os pais não sabem lidar com várias situações que ocorrem com os filhos quando crianças e adolescentes, desde pequenas somos sexualmente reprimidas pela sociedade, pelos pais, por todos, enquanto os homens tem total liberdade de perguntar, se tocar e até abusar da melhor boneca da irmã, porém essa é só uma fase da vida que TODOS passamos, é obvio e natural que as mulheres também passem por essa fase. Quando crescemos acabamos nós mesmas nos reprimindo e tornando o sexo algo não natural, é ai que nos enganamos, natural quer dizer de natureza, e o sexo, o prazer sexual é da natureza humana, é da natureza animal, assim, se torna algo normal, por tanto não é errado. Esse tabu a redor do sexo chega a ser ridículo se pensarmos que a humanidade só existe, porque o sexo é praticado a muito tempo e em grande escala. Com o passar do tempo, e com as fases históricas da humanidade, podemos perceber diversas mudanças na educação sexual feminina, alguns exemplos disso:

  •  Estudos feitos por arqueólogos indicam que há 22mil anos atrás, na pré história, o sexo era voltado para a satisfação física, a procriação era uma conseqüência, inclusive já se usava métodos anticoncepcionais.
  • Na idade média, conceitos religiosos mudaram a visão humana sobre a sexualidade, principalmente no que diz respeito a sexualidade feminina, o desejo era visto como algo satânico e as mulheres por serem sedutoras eram vistas como tentação do Demônio.
  •  Freud já defendia a idéia que o ser humano já nasce com impulso vital para a busca do prazer, ele acreditava que muitos sofrimentos neuróticos eram causados pela repressão sexual.

marcha-das-vadias-2012

A maioria das mulheres nunca sentiu prazer, o principal motivo disso é a repressão, a falta de informação, a vergonha e a falta de auto conhecimento. Meninas, entendam, não há mal nenhum em falar ou fazer sexo, Chegou a hora de mudar, de nos libertar, ninguém se torna puta por falar de sexo, por falar o que deseja, se até a Sandy disse “é possível sentir prazer anal”, qual o problema de nós, mulheres, discutirmos o assunto?
Como disse antes, sexo é um jogo que se joga a dois, por tanto meninas, se libertem, digam o que quiserem, sem medo, afinal metade do prazer está na liberdade de ser quem é e no direito de se expressar.

O ministério da saúde adverte: auto-repressão causa câncer.repressãoo

Obs.: Esse texto fala será postando na categoria dia-a-dia para que todos possam entender, que este não é um assunto qualquer, mas sim um problema social, que afeta a maioria das mulheres.

Espero que vocês gostem, acompanhem o blog e curtam a pagina do face. Enquanto aguardam o próximo post inspirem, respirem e não pirem.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s