Eu, Tu, Ele – Os três lados da traição

eu tu

Traição, vamos falar sobre esse problema no relacionamento? Então, apesar de o assunto estar no feminino dentro de um relacionamento hétero, sinta-se à vontade, para colocá-lo no contexto da sua realidade, afinal serve para qualquer tipo de gênero ou relacionamento.
Nunca se sabe como começa a traição, mas só existe uma certeza, não importa em qual ponta do triângulo você está, você vai sair machucada. Quando se há uma traição, existe 3 lados, o traidor, a traída e a outra, o fato é que posso falar sobre os 3, afinal, em relacionamentos passados (bem passados), já estive nas três situações e não me orgulho nem um pouco disso.
Vamos começar falando da traída, afinal, sem dúvida, essa é a que mais dói, assim fica tão mais fácil entender as outras duas. Quando se está em um relacionamento, se entrega a ele, se doa, muitas vezes, de corpo e alma, se confia na pessoa, como se ela fosse única e perfeita, naquele mundinho, só cabe o casal, até que descobre que não, que cabe mais um e não é de hoje, o mundo desaba, tudo em que se acredita vai por água abaixo, se pergunta tanto o porque. Sabe que vai demorar uma vida para confiar em qualquer outra pessoa, mas aquela dor, de alguma forma, nunca vai passar, ainda mais se perdoar. Culpa o outro, até se culpa, mesmo sabendo que não tem culpa nenhuma, o único responsável é o traidor, o que definitivamente não teve caráter.
Já o traidor, no início, parece incrível, uma vitória, acredita que é superior aos outros dois, acredita que vai conseguir levar essa enganação longe e que é capaz de sustentar todas as mentiras que tiver que contar. O fato é que um dia a casa cai, se cai. Perde o chão quando vê o sofrimento do outro, percebe todo estrago que fez, toda dor que causou, por mais que no momento dCúmulo-da-traiçãoo ato, se achasse certo, alí, diante da fragilidade do outro, não é ninguém, então se pergunta “que merda eu fiz?”. E por mais que se arrependa, não dá pra voltar atrás, a merda ta feita, perde o parceiro, se não perder, perde a confiança dele e essa muito dificilmente será recuperada. Tenha certeza, o amor ao outro e o caráter fico esquecido em algum lugar, bem longe to ato. Se a outra tem tanta culpa quanto o traidor? Não, com certeza não. Culpa não tem, mas também não tem consciência.
A outra parece uma ponta solta na história, talvez tão enganada quanto a traída, talvez não. A outra sempre vai achar que a “oficial” é trouxa, vai se sentir mais gostosa, mais poderosa, muitas vezes é até um ato de autoafirmação, necessidade de se sentir melhor ou acredita no amor do traidor, que não ama nem a si mesmo. Se defende na desculpa de que quem deve satisfação não é ela, e realmente não é, mas esquece de se por no lugar da “oficial”. Também espera muito, espera amor, espera atenção, espera justificativas, espera o dia que ele será só dela, espera, espera e espera, até perceber que perdeu muito tempo esperando por algo que nunca vai ter. E se tiver, sempre terá o pé atrás, afinal, o raciocínio é único, “se traiu ela, vai me trair”.
Essa analise foi feita não só a partir das minhas experiências, mas de relatos de leitoras, amigos e pessoas conhecidas. E acredito que em algum momento da vida, a maioria vai estar em uma das pontas. Então, se não está contente no relacionamento, saia dele, as pessoas são livres, ninguém é obrigado a estar em um relacionamento que não lhe faz bem, mas ninguém tem o direito causar sofrimento no outro e não vale a pensa causar sofrimento em si próprio.
A real questão é que se deve pensar muuuuuito antes de entrar nessa situação, pensar, “vou me machucar?” e principalmente, “vou machucar alguém?”, se a resposta da primeira for sim, pense 3 vezes, se a resposta da segunda for sim, pense 10 vezes, independente se você conhece essa pessoa ou não, se a culpa é sua ou não. Não é possível ser feliz em cima do sofrimento alheio, acredite!
Por hoje é isso Neuróticas, espero que gostem. Não esqueçam de curtir a página no face. Enquanto aguardam o próximo post, inspirem, respirem e não pirem!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s