Por onde andei

caminhar-descalca

Oi neurótica! Se você é uma leitora, acho junto me explicar e contar por onde andei enquanto você me procurava. Então vamos lá, nos últimos 11 meses minha vida foi um turbilhão de acontecimentos, altos e baixos. Me senti naqueles filmes de ações, só que sem herói. Talvez eu seja a heroína da minha própria história!

Acho que a última vez que estive aqui foi em maio, (voltei a pouco tempo, mas foi uma passagem rápida), então vou começar a contar a partir deste momento.
Estava eu aqui, vivendo minha vidinha, quando minha filha Mel (mel era uma das minhas cachorras) resolveu ficar doente. Moro em uma cidade pequena e ela teria que fazer uma cirurgia, então a levei até Pouso Alegre no veterinário, que a tratou e depois de 2 dias voltou pra casa. Junto com ela veio uma lista de remédios que não podiam ser dados errados de forma alguma.
Enquanto isso, minha mãe aguardava uma cirurgia cardíaca, que não tinha previsão de sair. Saiu, avisaram 2 dias antes, 15 de Junho aniversária dela e dia da cirurgia, talvez fosse o presente de Deus pra ela, vida nova. Lá fomos nós para São Paulo. Junto disso, ataca minha rinite e minha sinusite, lá estou eu com ela 6 dias de internação e 3 meses de pós-cirúrgico. Enquanto estava no hospital com minha rainha, recebi uma ligação avisando que minha avó também estava em outro hospital para uma cirurgia cardíaca também. Depois de muita correria com elas agora sim posso relaxar. Só que não!
Junto disso tudo começa o período eleitoral, rinite e sinusite atacam novamente. Trabalhei 45 dias incansavelmente como publicitária para uma coligação que graças a Deus (e a mim) o prefeito ganhou com 75% dos votos e 7 vereadores eleitos, o que fez tanto trabalho valer a pena. Neste momento pensei que tudo eram flores e que agora sim ia descansar. Rinite e sinusite, porque essas duas são parceiras. Meu filho Thor (meu outro cachorro) já com 10 aninhos, fica doente, recomeça a correria com ele, que logo se recupera, porém a Mel do nada aparece com um corte enorme na testa/focinho que pegou uma artéria e ela quase morreu de sangrar, vai eu correndo com ela para Pouso Alegre, o veterinário achou que dessa vez ela não sobreviveria, mas o cachorrinha forte! Pensa numa pessoa pobre gastando o que não tem com tratamento dos cachorros. Aqui estou de volta com rinite e sinusite.
Agora sim, fim de ano, recomeço, paz e amor. Só que não! Como diz minha amiga, 2016 e 2017 é fechamento e começo de ciclo e pra mim essa mudança veio com muita força. Meu relacionamento de 7 anos acabou, sofri horrores, mas sobrevivi. O problema (ou não), é que estou pegando o meu ex namorado. A gente está em uma amizade-colorida, como era no início. Sim! Todos acharam esquisitice e loucura, mas to pagando pra ver o que vai dar! Rinite e sinusite novamente.
Consegui um emprego, felicidade pura isso, porém muito tempo ocupado, pouco tempo para projetos pessoais como o blog.
A Mel ficou novamente doente, dessa vez ela não resistiu, sofri de novo, fico triste cada vez que chego em casa e não tem ela doida pulando e latindo. Vale contar que ele sempre foi doentinha, desde que nasceu ficava donte com muita frequência. Penso que pude dar a ela uma vida melhor, espero que ela saiba que foi muito amada!
Agora estou aqui, acho que tudo se acalmou, espero! Menos a rinite e a sinusite. Vou tentar novamente dar andamento no blog, postar toda terça e quinta, a Valentina também vai voltar. Talvez ela revele sua identidade verdadeira, estamos conversando sobre isso. O que posso falar é que ela é uma mulher fantástica, que muitas pessoas procuram pra pedir ajuda e conselho. Ela vai falar de casamento, divórcio, experiências, filhos, vida, tudo aquilo que não tenho bagagem pra falar. Espero não parar novamente. Porque isso aqui me leva adiante!

P.S.1: Talvez precise me benzer, tomar um banho de sal grosso, reenergizar, tomar um passe ou qualquer coisa que afasta um pouco a zica. Mas não podemos esquecer, que na maioria das vezes o que acreditamos que é ruim na verdade é mudança!

P.S.2: Talvez você tenha percebido que a rinite e sinusite atacam junto com os problemas ou ansiedade, resumindo, fundo emocional. Vou tratar isso agora que tenho plano de saúde, mas tenho que tratar o psicológico junto!

P.S.3: Aprendemos com o texto de hoje que somos fortes, talvez mais do que pensamos. Pensei por vezes que fosse desabar, mas Deus sempre nos segura! E quer saber a verdade? Algumas mudanças são necessárias, por mais difíceis que sejam!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s